- PUBLICIDADE -


Giovane Marcelino / Especial
Criciúma

Um grupo de amigos formado na região tem chamado a atenção pela característica diferente. Pouco mais de um ano em atividade, o grupo Magos da Cerveja reúne-se mensalmente para degustar aquilo que sabem fazer e que uniu os 225 membros: a fabricação de cerveja artesanal.

Com integrantes de todo o sul catarinense, todos os participantes são produtores e através do encontro, aprendem e aperfeiçoam as técnicas de fabricação, além de conhecer melhor o trabalho do amigo. Um grupo no WhatsApp é o canal onde eles mantém contato, onde no último fim de semana, o Balneário Rincão foi o destino do terceiro encontro dos amigos, que já está pensando na data da próxima edição.

- PUBLICIDADE -

De acordo com um dos idealizadores do grupo, Clésio Ortolan, o objetivo do grupo é realizar uma grande confraternização. “Cada um leva o seu produto e chegando lá, cada um prova a cerveja do amigo e acompanhado de churrasco, fazemos um dia recreativo”, afirmou.

Com membros de Sombrio, Urussanga, Içara e cidades próximas, os encontros são realizados após debates no grupo de conversas. “Nossa ideia é realizar esse encontro todos os meses. Procuramos fazer em locais como pesque-pagues e afins para ter um espaço amplo onde todos possam se relacionar”, complementou.

Por conta do preço elevado da cerveja e pela comodidade de fazer em casa, a fabricação de cerveja artesanal levou o engenheiro Reginaldo Scotti Madeira a produzir em sua própria casa. “No começo foi difícil, mas fui fazendo e com o tempo, estou fazendo e quando recebo os amigos e família em casa, sempre tomamos”, explica.

Os interessados em fazer parte do grupo Magos da Cerveja, podem entrar em contato através do 3413-5155 e pelo 9-9843-2218. “Queremos aumentar o grupo e possibilitar que cada vez mais, novas pessoas façam e experimentem a cerveja artesanal”, finalizou Ortolan.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.