Focos de mosquito Aedes Aegypti são encontrados em Criciúma

Para esta terça-feira, 14, está programada uma delimitação do foco. Será realizada uma varredura em um raio de 300 metros de onde o mosquito foi localizado

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Dois focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, foram encontrados nesta segunda-feira, 13, em Criciúma. As larvas estavam em armadilhas colocadas em duas transportadoras distintas no bairro Quarta Linha. Conforme o supervisor do Programa de Combate a Dengue da Prefeitura de Criciúma, Luiz Fernando Santa Helena, estes pontos são verificados semanalmente.

- PUBLICIDADE -

Estes são os primeiros focos do mosquito localizados na cidade durante este ano. “Só o fato de aparecer os focos é preocupante, pois os mosquitos são capazes de transmitir várias doenças”, aponta.

Para esta terça-feira, 14, está programada uma delimitação do foco. Será realizada uma varredura em um raio de 300 metros de onde o mosquito foi localizado. “Se não for encontrado nada, voltaremos dentro de dois meses para fazer outra ação. Se, novamente, não for encontrado nada, então fechamos o foco”, explica o supervisor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.