Feira da Agricultura Familiar será montada na praça central de Siderópolis

Para a realização da feira na praça central será colocada estrutura em tendas removíveis

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O Governo Municipal de Siderópolis criou a lei que regulamenta a realização da Feira da Agricultura Familiar. Aprovada por unanimidade no legislativo, a Lei nº 2.233 estabelece regras para comercialização dos produtos, define a praça central como local para montagem da feira e a participação dos agricultores será feita por credenciamento coordenado pelo município.

“Aos poucos estamos organizando a agricultura familiar de Siderópolis, criando alternativas de aumento de renda e dando assistência para que o campo continue oferecendo produtos de qualidade e procedência”, destacou o prefeito Hélio Cesa, o Alemão.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o texto da nova lei, poderão ser comercializados alimentos, bebidas, flores e artesanato, sendo que os produtos de origem animal deverão ser licenciados pelas autoridades sanitárias, embalados e rotulados de acordo com as normas vigentes para o setor.

Estrutura – Para a realização da feira na praça central será colocada estrutura em tendas removíveis. O material foi conseguido pela Cooperativa de Agricultura Familiar de Siderópolis (Cooperbelluno), com apoio da Epagri e Secretaria Municipal de Agricultura, por meio do Programa SC Rural, juntamente com equipamentos que também poderão ser utilizados pelos agricultores.

“A normatização cria direitos e deveres e valoriza os agricultores da cidade. Com estrutura adequada e participação de todos, vamos impulsionar a comercialização dos produtos e o desenvolvimento ainda maior de nossa agricultura”, explicou o responsável pela Secretaria de Agricultura de Siderópolis, Ronaldo Remor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.