Empresário criciumense é condenado a outros 12 anos de reclusão

Homem responde, ainda, por crime contra menina de Cocal do Sul

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Condenado por pelo estupro de uma menina de 16 anos em Içara, o empresário criciumense, de 38 anos, teve novamente pena decretada pelo juiz da 2ª Vara da Comarca de Içara, Fernando Dal Bó Martins. Desta vez, a sanção de 12 anos de reclusão é pelo crime cometido contra uma adolescente de 14 anos, em Balneário Rincão.

No primeiro caso, o homem foi condenado a dez anos e oito meses de reclusão. Ele está detido no Presídio Santa Augusta desde agosto do último ano, quando estuprou uma criança de 11 anos em Cocal do Sul.

- PUBLICIDADE -

A vítima foi raptada e levada a uma residência em Balneário Rincão. O criminoso foi preso um dia após o estupro e localizado através das câmeras de segurança.

Ao ser abordado, em Criciúma, ele confessou o crime. Na residência, os policiais encontraram uma pistola, munições, uma pistola airsoft, além de uma fita Silver Tape e o carro utilizado no crime.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Içara

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.