Dia Internacional da Cruz Vermelha: unidos em prol das pessoas

Data alusiva ao movimento traz à tona a importância da solidariedade na causa humanitária

Foto: Lucas Colombo/Especial/DN
- PUBLICIDADE -

Bruna Borges

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Humanidade, imparcialidade, neutralidade, independência, voluntariado, unidade e universalidade. Estes são os princípios da maior rede humanitária do mundo, a Cruz Vermelha, que tem como missão trazer alívio ao sofrimento humano, proteger as vidas e a saúde de populações.

Presente em todos os países, o movimento é destaque neste 8 de maio, com o Dia Internacional da Cruz Vermelha. A data foi escolhida por ser o aniversário de Jean-Henri Dunant (Genebra, 8 de maio de 1828), filantropo suíço co-fundador da instituição.

O presidente da Cruz Vermelha de Criciúma, Almir Fernandes de Souza, ressalta que a maioria dos estados brasileiros possui Cruz Vermelha e, em Criciúma, o movimento é bastante atuante. “Em 2016 atuamos em 43 ações e 12 projetos de campanhas. Damos apoio, logística, participamos e apoiamos eventos, que beneficiam a população da Região Sul e da Região Serrana. No ano passado, com a ação da Equipe Multi-Institucional, beneficiamos aproximadamente 55 mil pessoas, envolvendo 120 voluntários e 28 instituições e ONGs”, lista.

Alimentos para entidades

Neste domingo, 7, por exemplo, Almir estava envolvido numa das ações da Cruz Vermelha, o Ingresso Solidário que, desde o ano passado, já arrecadou 15 toneladas de alimentos. “A cada show, conseguimos arrecadar cerca de 3 mil quilos de alimentos, que, depois de triagem, são entregues em asilos, creches e casas de apoio”, comenta.

Precisa-se de voluntários

A Cruz Vermelha nasceu do voluntariado, de pessoas que entendiam que é preciso fazer mais pelo próximo. Atualmente o movimento em Criciúma está engajado na Campanha do Agasalho e, segundo Almir, a iniciativa precisará de pessoas que se coloquem à disposição não apenas para doar roupas, mas também um pouco de tempo e de trabalho.

Os interessados em trabalhar como voluntários podem falar diretamente com Almir Fernandes através do (48) 99954-1370 ou ainda pelo email cruzvermelhacriciuma@gmail.com e pela página da entidade no Facebook.

A Cruz Vermelha de Criciúma tem 32 anos e entre as atividades de maior destaque estão a Campanha do Agasalho, a Farmácia Solidária e a campanha para captação de córneas. “Somos bastante atuantes também quando ocorrem desastres, como o vendaval que atingiu Capivari de Baixo e Tubarão. Doamos muitos donativos”, lembra Almir.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.