“Com Nota Fiscal Vai Legal” registra menor índice de irregularidades

Em ação feita na SC-445, em Içara, foram apenas 11,11%, sendo que a média de 2017 estava em 24,66%

- PUBLICIDADE -

 

O programa com Nota Fiscal Vai Legal, que fiscaliza mercadoria em rrânsito, realizou blitz na SC-445, em Içara. No total 83 veículos foram abordados, sendo que seis foram notificados por transportar mercadoria sem Nota Fiscal. Um foi noticiado por fiscais da Fazenda Estadual e os demais receberam notificação e têm 30 dias para apresentar a nota fiscal na sede da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec).

- PUBLICIDADE -

Esta foi a operação com menor índice de veículos abordados com carga e que estavam sem nota fiscal desde 2015. Foram apenas 11,11%, sendo que a média de 2017, estava em 24,66%. Segundo o coordenador do programa, Ailson Piva, explica aparentemente um aumento da conscientização. “A maioria das veículos abordados era de empresas locais com destino a outros estados ou outras regiões e neste caso não existe a possibilidade de transporte sem nota fiscal”, afirma Piva, acrescentando que o transporte de mercadoria sem nota prejudica os municípios, já que impacta no retorno de ICMS.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Içara

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.