Catedral conclui 5º Cerco de Jericó

Com a queda das muralhas na noite deste sábado, 23, chegam ao fim as celebrações realizadas durante a semana na Igreja Matriz São José

Foto: Bruna Borges/DN
- PUBLICIDADE -

Bruna Borges
Criciúma

Por sete dias fiéis católicos participaram do 5º Cerco de Jericó na Catedral da Paróquia São José, em Criciúma.
A última missa, neste sábado, 23, contou com muita animação, conduzida pelo padre Antônio Júnior, e foi marcada pela passagem da Arca com o Santíssimo Sacramento, findando com a derrubada das muralhas, que descrevem a passagem bíblica do livro de Josué, capítulo 6.

- PUBLICIDADE -

Com a Igreja Matriz São José lotada e mais uma tenda montada na Praça Nereu Ramos, os fiéis fizeram pedidos e agradeceram, das 18h às 21h. As fitinhas amarradas nos pulsos lembraram o compromisso com o comparecimento às missas, realizadas nas manhãs, tardes e noites desde o domingo passado, dia 17.

Neste ano, o Cerco de Jericó teve como tema ‘Derrubando as muralhas pelo poder da oração’ e o lema ‘Para Deus tudo é possível’ (Lucas 1, 37).
O padre Antônio Júnior falou, entre outras coisas, sobre a parábola do senhor da vinha, que contratou trabalhadores, descrita em Mateus 20: 1-15. “Nesta parábola Jesus procura ensinar a bondade escandalosa de Deus”, frisa o sacerdote.

O padre Eloir Borges também conduziu a missa, no momento da passagem da arca pela igreja e na queda das muralhas.

Testemunhos de fé

Moradora do bairro Argentina, no Loteamento Marli, Ariele Rosa de Souza, de 33 anos, disse que sempre que pode participa dos cercos de Jericó realizados em Criciúma. No anterior ao da Catedral, que aconteceu na Paróquia Nossa Senhora da Salete, na Próspera, Ariele conseguiu ter o pedido atendido por Deus. “Estava numa situação bem crítica, após ter passado por uma separação. No último dia do cerco meu ex-marido ligou pedindo para conversar. Uma semana depois reatamos o casamento. Foi exatamente o que pedi para Deus”, enaltece a jovem, que conserva no braço as fitinhas do cerco da Próspera e do cerco do Centro.

Foto: Bruna Borges/DN
Foto: Bruna Borges/DN
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.