Campanha de Multivacinação segue até sexta-feira

Mais de mil crianças e adolescentes já receberam doses de até 16 vacinas diferentes em Criciúma

Foto: Arquivo/ Decom
- PUBLICIDADE -

Para alertar e imunizar crianças e adolescentes menores de 14 anos, que não estão com a carteira de vacinação atualizada, a Prefeitura de Criciúma, por meio da Secretaria de Saúde, realiza até sexta-feira, dia 22, a Campanha Nacional de Multivacinação, idealizada pelo Ministério da Saúde.

A iniciativa iniciou no dia 11 de setembro e disponibiliza 16 tipos diferentes de vacinas às crianças e adolescentes. De acordo com a coordenadora do Programa de Imunização da Vigilância Epidemiológica de Criciúma, Patrícia de Carvalho, até esta terça-feira (19), os profissionais aplicaram aproximadamente 1,2 mil doses de vacinas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). “No sábado (16), realizamos o Dia D, que trouxe muitas crianças e adolescentes para as UBS”, conta. “Há vacinas contra a meningite do tipo C para adolescentes de 12 e 13 anos e também HPV para meninos”, completa.

- PUBLICIDADE -

Conforme Patrícia, aproximadamente duas mil crianças compareceram às UBS de Criciúma, e mais de 700 foram vacinadas. Já entre os adolescentes, o número de comparecimento às UBS superou 1,3 mil, sendo que aproximadamente 500 foram vacinados, totalizando mais de 1,2 mil crianças e adolescentes imunizados em Criciúma.

Confira a faixa etária de cada vacina oferecida na Campanha Nacional de Multivacinação:

– BCG (formas graves de tuberculose) – menores de 5 anos.
– Hepatite A – menores de 5 anos.
– Penta (hepatite B, difteria, tétano, coqueluche e haemophilus influenzae B) – menores de 7 anos.
– Hepatite B – crianças com até 30 dias de idade e crianças e adolescentes entre 7 e 15 anos.
– VIP (Vacina Inativada contra a Poliomielite) – menores de 5 anos.
– VOPb (Vacina Oral contra a Poliomielite) – menores de 5 anos.
– Rotavírus humano – menores de 7 anos.
– Pneumocócica 10 valente – menores de 5 anos.
– Meningocócica C conjugada – crianças a partir de 3 meses de idade a menores de 5 anos e adolescentes entre 12 e 13 anos.
– Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) – crianças a partir de 12 meses de idade e adolescentes de até 15 anos.
– Tetraviral (sarampo, caxumba, varicela e rubéola) ou tríplice viral + varicela (atenuada) – menores de 5 anos.
– DTP (difteria, tétano e coqueluche) – até menores de 7 anos.
– DT (difteria e tétano) – para crianças a partir de 7 anos e adolescentes de até 15 anos.
– DTpa (difteria, tétano e coqueluche acelular) – para gestantes menores de 15 anos.
– HPV (papiloma vírus) – meninas entre 9 e 14 anos e meninos entre 11 e 14 anos.
– Febre amarela – a partir de 9 meses.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.