Araranguá sedia Seminário Contra a Reforma da Previdência

Evento ocorre na noite da quinta-feira, 9, a partir das 19 horas, na sede do Sindicato dos Servidores no Serviço Público Municipal de Araranguá (Sindma)

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Araranguá

Nesta quinta-feira, 9, o Sindicato dos Servidores no Serviço Público Municipal de Araranguá (Sindma) promove o Seminário Contra a Reforma da Previdência. O evento ocorre a partir das 19 horas, na sede do Sindma, e conta também com a participação do Sindicato Nacional dos Servidores Federais de Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Vale do Araranguá (Sinttravale), Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Associação de Moradores do Bairro Lagoão, Associação de Moradores do Bairro Divinéia e Movimento de Resistência Estudantil IFSC Araranguá.

- PUBLICIDADE -

Aberta a toda a comunidade, a programação do seminário inclui exposição de fatores e debates sobre a Reforma da Previdência, com a participação de nomes de referência sobre o assunto, que trarão à tona os aspectos que envolvem a proposta e a situação política atual. A advogada, professora e vereadora de Içara, Edna Benedet da Silva, realizará uma palestra abordando o tema.

No seminário, será proposta uma mobilização municipal e regional para alertar a população sobre os malefícios consequentes da Reforma da Previdência, representada pela Proposta de Emenda Constitucional (PEC 287), que tramita na Câmara Federal. Entre as definições mais preocupantes da reforma está a exigência de idade mínima de 65 anos para homens e mulheres para se aposentarem; o tempo de 49 anos de contribuição para o acesso à aposentadoria integral; a precarização da aposentadoria do trabalhador do campo.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Araranguá

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.