- PUBLICIDADE -

Cocal do Sul

A Secretaria de Saúde de Cocal do Sul realizou uma capacitação com as agentes de saúde para alertar e orientar sobre a vacina contra a febre amarela. A reunião foi conduzida pela enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Gilmara Viel.
Durante o encontro, a profissional pediu para que as informações sejam passadas com clareza às famílias e para que as pessoas que forem viajar recebam a vacina.  “Os meses de dezembro a maio são o período com maior número de casos com transmissão considerada possível em boa parte do Brasil. Santa Catarina não registra casos de febre amarela em humanos desde 1966, contudo, após notificações de 23 casos e 14 mortes suspeitas de febre amarela em municípios de Minas Gerais, estamos reforçando o incentivo à vacinação contra a doença, principalmente para as pessoas que viajam para as regiões silvestres, rurais ou de mata de qualquer um dos 3530 municípios brasileiros considerados de risco. As cidades  ficam em todos os estados do Norte e Centro-Oeste, em Minas Gerais, Maranhão, Piauí, Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul”, observa Gilmara.

- PUBLICIDADE -

A vacina, que dá total proteção contra a doença, é gratuita e está disponível todas as sextas-feiras, na Unidade de Referência do município, no Centro da cidade. Ela deve ser feita 10 dias antes da viagem. A febre amarela é uma doença infecciosa viral aguda, transmitida por mosquitos, presente em países da África e das Américas Central e do Sul. A doença pode ter curta duração ou evoluir para formas graves e levar à morte.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.