Ações de prevenção a Aids são intensificadas no carnaval

A Gerência Regional de Saúde de Criciúma distribuirá 167 mil camisinhas aos 12 municípios de abrangência

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Profissionais de saúde de todo o Estado estão mobilizados para alertar os foliões sobre a importância do uso do preservativo neste carnaval. No total, três milhões de preservativos serão distribuídos em Santa Catarina durante as festividades. Na Gerência Regional de Saúde de Criciúma, 167 mil camisinhas, entre masculinas e femininas, serão distribuídas aos 12 municípios de abrangência.

De acordo com o gerente Regional de Saúde, Fernando de Fáveri, além dos preservativos, o Estado está distribuindo, ainda, 16 mil unidades de gel lubrificante, 3,7 mil testes rápidos de HIV, 1,5 mil para hepatite B, 2,7 mil para hepatite C e 625 para sífilis. “Com a chegada do Carnaval aumentam os riscos de contaminação por doenças sexualmente transmitidas as chamadas DSTs e precisamos intensificar nosso trabalho distribuindo todos estes materiais aos municípios”, comenta.

- PUBLICIDADE -

O uso da camisinha protege de 12 Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), dentre elas o HIV, a sífilis e as hepatites virais. Para aqueles que tiveram contato com o vírus recentemente por meio de uma relação sexual desprotegida, existe a Profilaxia Pós-Exposição (PEP), um tratamento com medicação que deve ser iniciado em até 72 horas após a provável exposição ao vírus.

A Secretaria de Estado da Saúde oferece uma ferramenta de busca pelo site para informar os locais que oferecem a PEP e Teste Rápido para HIV, sífilis, hepatite B e hepatite C em Santa Catarina.

 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.