- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Goiânia

- PUBLICIDADE -

O técnico Luiz Carlos Winck valorizou o empate em Goiânia, apesar de acreditar que o Criciúma buscou a vitória na etapa final. “Pelo segundo tempo, nós merecíamos a vitória. Nós jogamos muito no campo do adversário, controlamos bem o jogo, mas jogar com o Vila aqui, com a torcida a favor e a boa campanha que eles vêm fazendo, é difícil e valoriza o empate”, disse.

O primeiro tempo do time não satisfez o comandante.“No primeiro tempo, nós não fomos efetivos na marcação, demos espaço para o adversário, É normal isso, eles estavam jogando em casa. Corrigimos isso no intervalo e agredimos bem mais no segundo tempo que foi todo nosso”, enfatizou.

O treinador, entretanto, avaliou positivamente a fase do Criciúma.“O importante é ter o coletivo e ter peças de reposição. Hoje, estamos conseguindo isso”, finalizou.

Diretor fica satisfeito

Diretor de Futebol conversou com os jornalistas após a apresentação de Ghedin e Beirão no CT. Foto: Lucas Colombo

Apesar de destacar que o Criciúma foi a equipe que buscou a vitória na partida, o Diretor Executivo de Futebol, Edson Gaúcho, ficou satisfeito com o empate do Tigre diante do Vila Nova.“O sentimento era de vitória. Se teve um time que jogou para vencer e buscou o resultado foi o Criciúma. Mas, não deixa de ser um excelente resultado, porque esse ponto, la no final, na hora de subir, faria falta. São dois pontos que o Vila deixa de ganhar dentro de casa e mostrando que nós estamos em uma evolução grande. Agora temos que ter tranquilidade e trabalhar nesta semana. O Luiz está sendo perfeito no trabalho dele, a maneira como jogou foi muito boa”, apontou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.