- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Pela primeira vez, a Região Sul do Estado receberá uma edição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc). A partir de amanhã, 1,7 mil competidores chegam a Criciúma, oriundos de 51 cidades de Santa Catarina, para participar da 13ª edição da competição.

Na sexta-feira, às 19 horas, acontece a solenidade de abertura da competição, no Ginásio Municipal, e, a partir de sábado, até quarta-feira, dia 6, serão realizadas as disputas. “É uma novidade para a gente e um desafio. Temos muitas pessoas e entidades nos auxiliando, principalmente quem disputou o Parajasc em outras cidades”, disse o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME) Criciúma, Sandro Araújo.

Criciúma participará de nove das 11 modalidades: atletismo, bocha, bocha paralímpica, ciclismo, futsal, handebol, natação, tênis de mesa e xadrez. O município estará ausente apenas do basquete para cadeirantes e goalball. Serão 77 atletas representando a cidade. Os 14 locais de competição e as 31 escolas que acolherão as delegações estão prontos para o início dos jogos. “Contamos com a ajuda da iniciativa privada com locais para competição como Sociedade Mampituba, Grêmio Recreativo Operária Nova, Unesc, União Mineira e Circulo São José”, agradece Araújo.

Exemplos de superação

Inicialmente, os Parajasc serviam como inclusão para tirar as pessoas portadoras de necessidades especiais de casa e coloca-las no convívio social, mas, hoje em dia, há o interesse por esporte de rendimento e quebra de recordes. “Um bom rendimento no Parajasc pode levar o atleta à uma competição nacional e até Paralimpiada”, explicou João Luiz da Rocha, médico, cadeirante e convidado para ser presidente da Comissão Central Organizadora (CCO).

Rocha espera a presença do público para prestigiar as disputas. “O Parajasc vai além do esporte: é uma experiência importante para crianças, adultos e idosos. Acompanhar o esforço dos paratletas superando as dificuldades é um exemplo de vida”, finaliza o presidente da CCO.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.