- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Apesar da demissão do técnico Luiz Carlos Winck, o Diretor de Futebol, Edson Gaúcho, reforça que objetivo do Criciúma segue sendo o acesso para a Série A. “Se não tivesse a convicção, não teria desligado o Luiz. Então, nós temos a certeza de que o nosso grupo tem condições para isso. Temos que buscar os resultados fora”, explicou. “Temos 14 jogos, 42 pontos para disputar e temos condições de buscar o que nos falta para o acesso”, completou.

O Diretor descartou problemas de relacionamento de Winck com o grupo de jogadores e com a diretoria. “O Luiz não tinha problemas com ninguém: nem diretoria, nem atletas. Ele é um excelente profissional, tem caráter e trabalha na mesma linha que nós trabalhamos. Ele não teve problema nenhum, pelo contrário, ajudou muito o Criciúma e foi ajudado pelos jogadores. Hoje, ele está no mercado como um técnico promissor”, finalizou.

Nesta segunda-feira, o auxiliar técnico, Grizzo, e o treinador dos juniores, Cleber Gaúcho, treinaram a equipe.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.