- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

No jogo entre reservas e jovens de Criciúma e Inter, a garotada Carvoeira não conseguiu segurar o resultado e perdeu por 3 a 1 na despedida da equipe na Copa da Primeira Liga. O atacante Flávio marcou o primeiro gol dele como profissional, mas na segunda etapa, o Tigre teve o zagueiro Nino expulso, depois levou três gols em cinco minutos e se despediu de forma melancólica da competição.

Tigre x Inter - foto Caio Marcelo CEC 2Na primeira etapa, ambos os times buscavam o ataque. O Inter forçava as jogadas pela esquerda com Diego, Mossoró e Iago. Sempre nas costas de Diogo Mateus. Mas a zaga do Criciúma estava firme e conseguia se segurar. Aos 12 minutos, um susto na defesa do Tigre: Bessa recuou a bola para Eduardo que vacilou no domínio. A bola passou em baixo do pé do goleiro, bateu na trave e saiu pra fora da área.

O jogo estava em alta velocidade e com o Inter criando um pouco mais. Aos 14 minutos, Chico cruzou da esquerda, Flávio dominou e bateu perto da trave. Para fora. Primeira chance de gol perdida pelo Tigre.

Aos 22 minutos, Diogo Mateus apareceu pela direita e cruzou, Flávio deu um peixinho e cabeceou para fora. O Tigre tentava valorizar a posse de bola, mas estava intranquilo e errava muitos passes. O Inter tinha mais posse de bola, mas o Criciúma quando avançava, o fazia em velocidade e chegava rápido ao ataque. O time melhorou após a metade do primeiro tempo.

A melhor chance do Inter, na primeira etapa, aconteceu aos 35 minutos: após cruzamento da direita, Eduardo finalizou para fora, perto da trave. Aos 39 minutos, Andrigo apareceu pela esquerda e cruzou, mas André não alcançou e perdeu a chance.

Tigre x Inter - foto Caio Marcelo CEC 4O gol do Tigre saiu aos 42 minutos. Carlos Eduardo recebeu na grande área e chutou forte. A bola pegou na parte baixa da trave e sobrou para Flávio que completou para a rede. 1 a 0 para o Tigre. Foi o primeiro gol de Flávio como profissional. “A gente trabalha pra isso: estar ali na hora certa. Tive duas chances e na terceira consegui marcar”, disse o jogador no final do primeiro tempo.

Na etapa final, o Criciúma não voltou bem. Aos 8 minutos, Andrigo cobrou escanteio, Neris escorou e André colou para a rede, mas estava impedido. O Criciúma não ameaçava o colorado que tomou conta do jogo. O Inter voltou marcando mais adiantado e dificultou a saída de bola do Tigre, que tentava tocar a bola, conforme a característica do time.

Aos 17 minutos, Iago chegou ao fundo pela esquerda e cruzou Andrigo finalizou de letra para defesa do goleiro Eduardo. Três minutos depois, Claudio Winck fez jogada em velocidade e foi derrubado por Nino na entrada da área. Falta e expulsão do zagueiro do Criciúma pelo segundo amarelo

Tigre x Inter - foto Caio Marcelo CEC 6Aos 26 minutos, Andrigo cobrou escanteio da direita, Claudio Winck subiu mais do que a zaga do Tigre e cabeceou, Eduardo defendeu parcialmente, mas na sobra o mesmo Winck empatou. 1 a 1. A partir daí foi a derrocada do Tigre.

Aos 29 minutos, novamente Andrigo. Ele recebeu o lançamento da esquerda, nas costas da zaga. Ele cortou Chico, ja dentro da área, e marcou um golaço: 2 a 1. Dois minutos depois, Diego recebeu a bola de Juan, pela direita, invadiu a área e chutou forte, no canto direito do goleiro, para marcar. 3 a 1. O Tigre levou três gols em cinco minutos.

O Tigre não esteve bem na etapa final e se perdeu totalmente após a expulsão de Nino. Despedida melancólica do time na Copa da Primeira Liga.

Copa da Primeira Liga – Terceira Rodada – Primeira Fase

23/02 – 21h30 – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Eduardo; Diogo Mateus, Nino, Ianson e Chico; Lucas (Eduardo De Biasi), Bessa e Carlos Eduardo; Kalil, Flávio (Gabriel Figueiredo) e Matheusinho (Alan). Técnico: Deivid

INTER

Marcelo Lomba; Cláudio Winck, Eduardo, Neris e Iago. Eduardo Henrique (Juan), Valdemir,  Mossoró e Andrigo (João Pedro). Diego e André (Ariel Marques). Técnico: Antônio Carlos Zago

Arbitragem: Felipe Gomes da Silva. Auxiliares: André Luiz Severo e Sandra Maria Dawies. (Trio do PR).

GOLS: Flávio (42/1T) (C); Cláudio Winck (26/2T), Andrigo (29/2T) e Diego (31/2T) (I)

Cartões Amarelos: Nino, Lucas e Ianson (C). Valdemir e Cláudio Winck (I)

Cartões Vermelhos: Nino (C). Valdemir (I)

Público: 1.839

Renda: R$ 25.400,00

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.