- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O zagueiro Iago Maidana, de 21 anos, esteve praticamente acertado com o Criciúma, porém, a diretoria do clube recuou e não contratará mais o jogador que foi formado na base do clube. Liberado pelo Tigre, em setembro de 2015, ele foi vinculado ao Monte Cristo, clube goiano, por dois dias até aparecer como contratado do São Paulo.

Na época da venda, o caso foi julgado, e o São Paulo foi multado em R$ 100 mil, mesma pena imposta ao Criciúma e ao Monte Cristo. Para o atleta, a multa foi de R$ 10 mil. No fim ano passado, o Tricolor paulista emprestou o zagueiro ao São Bernardo, onde atuou no campeonato estadual.

Com a desistência na contratação de Maidana, aumentam as chances de Fábio Ferreira voltar ao Tigre. O Criciúma tem interesse na contratação do jogador, o zagueiro quer vir para o Sul do Estado, mas a Ponte Preta, detentora dos direitos econômicos do jogador, dificulta a saída, pois está focada na decisão do Campeonato Paulista e tem interesse em aproveitar o atleta na disputa da Série A do Brasileiro. O negócio deve evoluir nos próximos dias e o jogador pode ser anunciado pelo Tricolor Carvoeiro.

Erick Flores treina com o grupo

Erick Flores - foto Rogerio Dimas - rádio DifusoraSegundo reforço confirmado para a Série B do Brasileiro, o meia Erick Flores já treina com a camisa do Criciúma. Ele foi oficializado ontem pelo site do clube como jogador tricolor e esteve no grupo que se reapresentou ontem para a intertemporada que visa a participação do clube na competição nacional.

Os atletas trabalharam a parte física pela manhã. Após um treino de força na academia, o grupo seguiu para o gramado, onde fizeram um circuito de exercícios. Durante a tarde, os jogadores fizeram nova avaliação física. Hoje, os trabalham continuam em dois turnos no CT do clube.

O massagista Marcelo Silva, o Marcelinho, foi desligado do clube. Com a demissão, Camarguinho, assistente do grupo principal, assume a função.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.