Tigre decepciona e perde para o Juventude

Com chances de igualar a pontuação do quarto colocado, Criciúma é surpreendido, perde por 2 a 1 e segue sem entrar no G-4 da Série B. Equipe terá pausa de 12 dias até o próximo jogo

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Fotos: Lucas Colombo/DN

Mais uma vez, o Tigre desperdiçou a chance de igualar a pontuação das equipes que estão no G-4 da Série B. Na noite desta terça-feira, a equipe perdeu para o Juventude por 2 a 1 e pode cair na tabela com as partidas do próximo final de semana. O primeiro tempo do Criciúma foi ruim, novamente. Na etapa final, o time até melhorou, mas não conseguiu vencer.

Antes do primeiro minuto, Lucas roubou a bola no meio campo, tocou para João Paulo, que dividiu com Luiz, já fora da área, Leilson tentou pegar o goleiro do Tigre fora da trave, mas a bola saiu. Diferente da partida de sábado, o Criciúma apertava a marcação e dificultava a saída de bola do time gaúcho. Outra postura do Tricolor Carvoeiro. Porém, aos 11 minutos, Wesley Natã fez boa jogada pela esquerda e cruzou, João Paulo dividiu com Diego Giaretta e a bola sobrou para Lucas chutar forte, da intermediária, no canto direito do goleiro Luiz para marcar: 1 a 0. O Tigre vinha bem na partida, entretanto, na falha do sistema defensivo, sofreu o primeiro gol. Aos 16 minutos, o Juventude chegou com facilidade novamente: Yago cruzou da direita e Wesley Natã cabeceou para Luiz fazer uma grande defesa.

Aos 22 minutos, Silvinho fez boa jogada pela esquerda, tabelou com Lucão e tocou para Jocinei na esquerda, mas o meia cruzou rasteiro e facilitou a defesa de Matheus. O técnico Luiz Carlos Winck gesticulava muito e tentava organizar o time. Aos 24 minutos, Márcio Goiano cruzou da esquerda, Lucão fez o pivô e Silvinho chutou rasteiro para boa defesa de Matheus. Primeiro chute a gol do Tigre. As primeiras vaias surgiram nas arquibancadas do Majestoso aos 30 minutos da etapa inicial. Aos 34 minutos, Jocinei cruzou da esquerda e Lucão antecipou o zagueiro, na primeira trave, mas cabeceou para fora. Dois minutos depois, Silvinho cobrou escanteio e Édson Borges cabeceou forte, mas Matheus pegou bem. O Criciúma deu uma pequena melhorada nos momentos finais do primeiro tempo e conseguiu pressionar o adversário. Aos 41 minutos, Jeferson cobrou escanteio, na segunda trave, e Silvinho pegou bem na bola, que passou perto do gol, mas saiu. “Estamos jogando bem, apesar de ter tomado um gol no vacilo. Temos que melhorar para não levar esses gols”, disse o atacante Silvinho, no intervalo.

Na etapa final, novamente antes do primeiro minuto, Lucas chutou da meia lua e a bola caprichosamente saiu. Susto para o Tigre. Aos dois minutos, Silvinho cruzou da esquerda e Alex Maranhão cabeceou fraco e para fora. Aos cinco minutos, Diego Giaretta errou a saída de bola e Yago ficou cara a cara com Luiz, mas o zagueiro do Tigre se recuperou e impediu a finalização. A partir daí, o Tigre tentou pressionar o Juventude, mas não conseguia chegar com força no gol dos gaúchos. Aos 18 minutos, a melhora do Tigre resultou no gol: Alex Maranhão cruzou a bola da intermediária, pela direita, Lucão antecipou o zagueiro Domingues e empatou: 1 a 1. A torcida se empolgou com o gol e passou a empurrar o time. Aos 21 minutos, Márcio Goiano cruzou da esquerda e Moisés tentou deslocar o goleiro Matheus, mas a bola caprichosamente saiu. O Criciúma tinha mais volume de jogo e pressionava o adversário. Aos 36 minutos, Yago levou vantagem sobre João Henrique e chutou, a zaga tirou em cima da linha, na volta, Wesley Natã tocou para Lucas que marcou 2 a 1, quando o Tigre era superior. Aos 42 minutos, Yago passou por João Henrique e Diego Giaretta e cruzou para Mateus Santana que chutou para grande defesa de Luiz. Nova derrota do Criciúma em casa e algumas vaias da torcida no final.

Campeonato Brasileiro – Série B – 24ª Rodada

12/09 – terça-feira – 21h30min – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Luiz; Diogo Mateus, Edson Borges, Diego Giaretta e Márcio Goiano (João Henrique); Jonatan Lima; Jeferson Negueba (Alex Maranhão), Jocinei (Moisés), Douglas Dodi e Silvinho; Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck

JUVENTUDE

Matheus Cavichioli; Vidal, Domingues, Micael e Pará; Fahel, Lucas e Leílson (Caprini); Wesley Natã (Maurício), João Paulo (Mateus Santana) e Yago. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Arbitragem: Cláudio Francisco Lima e Silva. Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios e Vaneide Vieira de Gois. (Trio de SE)

GOLS: Lucas (11/1T e 36/2T) (J); Lucão (18/2T)

Cartões Amarelos: Lucão e Alex Maranhão (C);  Lucas e Leilson (J)

Cartões Vermelhos: Não Houve

Público: 3.168

Renda: R$ 57.260

Confira a galeria de fotos da galera (por Lucas Colombo/DN)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.