- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Criciúma inicia dezembro sem técnico contratado. Após negociações com diversos nomes, a Diretoria do clube ainda não conseguiu acertar com algum deles. Argel Fucks esbarra na questão financeira. O empresário do técnico disse que aguarda por uma resposta do presidente Jaime Dal Farra. O clube não aumentou a proposta e o técnico não reduziu a pedida, portanto, o impasse permanece.

Também pretendido pelo Tigre, Marquinhos Santos acertou com o Paysandu, enquanto Fernando Diniz fechou com o Guarani. Lisca serve livre no mercado. Os dirigentes dizem que tem outros nomes em vista, porém, não revelaram quais. Assim, a solução pode ser caseira: Luiz Gonzaga Milioli, que chegou a ser apontado como indicado, não está descartado totalmente. Porém, os dirigentes esperam contratar um treinador que está mais ativo nas Séries A e B.

Emocionado, Ricardinho deixa o clube

Com uma postagem no Instagram, o volante Ricardinho se despediu de forma emocionada do Criciúma. O jogador agradeceu ao companheiro de concentração, Raphael Silva, também a Douglas Dodi – que escolheu o jogador como padrinho da filha – e ao clube em geral pelos dois anos em que atuou no Criciúma. No final do texto, Ricardinho diz que “Seu manto estará na parede da minha sala, suas cores em coração”.

De acordo com o repórter Jota Eder, da rádio Eldorado, ainda hoje, o zagueiro Raphael Silva deve responder se aceita ou não a proposta financeira para a renovação com o Tricolor Carvoeiro. Dos atletas que tem contrato encerrando neste fim de ano, Silva foi o único a ser procurado pelo clube para permanecer. O zagueiro Diego Giaretta, que atuou no Brasileirão como lateral-esquerdo, também tem contrato encerrando, mas ainda não iniciou conversações. João Henrique é outro que poderá permanecer no clube, dependendo da avaliação da próxima comissão técnica.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.