Rentería desencanta e Tubarão vence a primeira no Estadual

Em casa, Peixe bateu o Joinville e chega aos quatro pontos, mas segue na lanterna da competição

- PUBLICIDADE -

Em meio a chuva, Rentería marcou duas vezes de cabeça, uma em cada tempo, e o Tubarão venceu o Joinville por 2 a 0 neste sábado, no estádio Domingos Silveira Gonzales, pela sexta rodada da Série A do Campeonato Catarinense. Foi a primeira partida do técnico Waguinho Dias no comando da equipe, após ter assumido na última terça-feira. “Tudo que foi programado durante a semana, tudo que treinamos, foi executado. Montamos um plano tático que foi entendido pelos jogadores, e eles demonstraram em campo. Eles entraram com um espírito vencedor, com muita vontade de ganhar. Tivemos poucos erros, e se conseguimos manter esse nível de intensidade faremos mais grandes partidas como essa”, destaca o técnico Waguinho Dias.

O jogo

A primeira etapa foi dominada pelo Peixe. Pelos lados, com Everton Jr. e Rafael Ratão, e pelo meio, com Rentería, o Tubarão criou jogadas de velocidade e levou perigo ao gol de Jonathan. Até que aos 47 minutos do primeiro tempo o gol apareceu. O volante Paulo Vinícius carregou pela esquerda e cruzou na medida para Rentería, entre dois zagueiros, cabecear e abrir o placar.

Foi o último lance da primeira etapa. Na volta do intervalo, logo no início do segundo tempo, Daniel Costa levou até a linha de fundo, novamente na esquerda, e cruzou para Rentería fazer mais um de cabeça. Depois, o Peixe administrou a partida e passou a jogar no contra-ataque, garantindo o resultado e a vitória por 2 a 0.

Waguinho, a comissão e o grupo voltam aos treinamentos na segunda-feira. O próximo desafio do Tubarão no Catarinense é no próximo sábado. O time viaja para Florianópolis, onde enfrenta o Figueirense, às 16h.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Tubarão

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.