- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Criciúma espera pela conclusão da 20ª rodada da Série B para saber em que posição ficará na tabela. Para seguir perto do grupo dos quatro primeiros colocados na tabela – aqueles que conseguiriam acesso à Série A de 2018 – o time precisa de resultados paralelos em quatro dos cinco jogos que concluem a rodada neste sábado.

O Ceará recebe o CRB no Castelão. O Vozão tem 31 pontos e é o quarto colocado, enquanto os alagoanos tem 28 pontos – um a menos que o Tigre. Assim, o empate seria o melhor resultado para o Criciúma, pois impediria o crescimento de ambas as equipes. Em Curitiba, o Paraná recebe o vice-lanterna ABC. Esta partida é a mais difícil para os torcedores tricolores “secarem”. Com 27 pontos, o Paraná está na décima posição e vencendo ultrapassa o Tigre. Como uma vitória dos potiguares é improvável, um empate já ajudaria bastante o Criciúma.

Embalado por uma sequência de três vitórias seguidas, o Inter recebe o Londrina, em Porto Alegre.  Os Colorados tem 33 pontos, enquanto o Londrina está na caça ao Tigre com 27 pontos – na 11ª colocação. Como os gaúchos parecem ter se acertado, para o Tricolor Carvoeiro é mais interessante uma vitória do Inter para que segure o Londrina, já que a disparada do Inter é quase inevitável. Oeste e Paysandu jogam no interior paulista. A torcida do Tigre é para uma vitória do Papão, que está em 15º com 23 pontos. O próximo adversário do Criciúma tem 27 pontos e está em 12º na tabela. Uma vitória do Oeste faria a equipe treinada por Roberto Cavalo ultrapassar o Tricolor Carvoeiro na tabela.

O último jogo do sábado envolve Figueirense e Goiás. Ambas as equipes estão na metade de baixo da classificação. Assim, a partida não terá influência para o Tigre. Entretanto, pela rivalidade, a torcida do Tigre deve dar aquela “secada” no time da capital, para que ele se mantenha na zona de rebaixamento.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.