- PUBLICIDADE -

Criciúma

Ramon Colombo se prepara para mais um desafio na carreira de mesatenista. O estudante de licenciatura em Educação Física da Universidade do Extremo Sul Catarinense(Unesc), em Criciúma, participa dos Jogos Paralímpicos Universitários 2017. A competição ocorre de 26 a 30 de julho, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, e vai reunir 400 atletas. Serão sete modalidades em disputa: atletismo, natação, bocha, judô, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e badminton.

- PUBLICIDADE -

ramon colombo unesc (15)Este é o segundo ano que o Brasil realiza os Jogos Paralímpicos Universitários e a segunda experiência de Colombo na competição. Em 2016, ele conquistou quatro medalhas de ouro: individual, duplas, equipes e foi o destaque na classe 9, que reúne pessoas com o mesmo grau de deficiência de Colombo – ele tem paralisia cerebral e em função disso, problemas de coordenação motora fina no lado direito do corpo. “É um momento importante para mim, estou confiante e treinando bastante para ter um bom desempenho nos jogos”, comenta.

O tênis de mesa entrou na vida de Colombo como uma brincadeira de criança, mas logo se tornou algo sério para ele. Incentivado pela família e por um dos professores da escola em que estudava, Ramon começou a treinar e a competir. Em 2009, ele participou do primeiro evento esportivo: o Campeonato Estadual, e já conquistou medalha. No mesmo ano, foi bronze no Campeonato Escolar Paralímpico. Em 2010, o mesatenista foi vice-campeão dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina(Parajasc). A partir daí, conquistou o primeiro lugar em cinco Parajasc.

Com 38 medalhas no Circuito Estadual e recentemente campeão da primeira Copa Brasil de 2017, o acadêmico da Unesc faz parte da equipe Mampituba/Fundação Municipal de Esportes (FME) Criciúma e treina de segunda a quinta-feira com mesatenistas cadeirantes pela manhã e de segunda a sexta-feira à tarde, com atletas que não possuem deficiência. No meio da rotina de treinos e estudos, Colombo alimenta um sonho: o de representar o Brasil em uma Paralimpíada.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.