- PUBLICIDADE -

Criciúma

Ramon Colombo, estudante da oitava fase de Licenciatura em Educação Física na Unesc, foi campeão em dupla, individual e por equipes no tênis de mesa dos Jogos Paralímpicos Universitários 2017. As primeiras medalhas vieram em dupla e individual. O ouro veio por equipes.

- PUBLICIDADE -

ramon colombo unesc (1) - foto divulgação 2O evento ocorreu no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro. As disputas reuniram 400 atletas nas modalidades: atletismo, natação, bocha, judô, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e badminton. “Essa sensação de vencer novamente é muito boa e foi um privilégio levar o nome da Unesc para um campeonato universitário nacional. Foi mais uma vitória, mais uma batalha vencida. Toda competição é um grande aprendizado em todos os sentidos”, afirma o acadêmico.

Este é o segundo ano em que o Brasil realiza os Jogos Paraolímpicos Universitários e é também a segunda experiência de Colombo na competição. Ele participa dos jogos na classe 9, que reúne pessoas com o mesmo grau de deficiência dele – no caso de Colombo, paralisia cerebral e em função disso, problemas de coordenação motora fina no lado direito do corpo.

O estudante da Unesc possui 38 medalhas no Circuito Estadual e antes dos Jogos Paralímpicos, conquistou o primeiro lugar no pódio na 1ª Copa Brasil de 2017. Colombo faz parte da equipe Mampituba/FME Criciúma e treina de segunda a quinta-feira com mesatenistas cadeirantes pela manhã e de segunda a sexta-feira à tarde, com atletas que não possuem deficiência.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.