Craque UNQ amplia premiação para segundo e terceiro lugar

Além do primeiro ganhar R$ 10 mil, prata e bronze vão receber R$ 2 mil e R$ 800, respectivamente

Foto: Rodrigo Baltazar.
- PUBLICIDADE -

A solidariedade ainda vai ganhar mais espaço no Craque UNQ. O melhor em campo prestigia uma determinada entidade carente e para decidir o craque a votação passa pelo público. Desde o início do ano, a campanha é um sucesso nas redes sociais e tem uma repercussão enorme na região de Criciúma. Por isso, até pela responsabilidade social e seriedade da forma de trabalho da UNQ Import Export, a premiação foi ampliada: além da instituição campeã levar R$ 10 mil, a segunda colocada vai receber R$ 2 mil e a terceira irá ganhar R$ 800.

Independente do valor, o sócio-proprietário da UNQ, Marcelo Raupp, ressalta o engajamento das pessoas em participar para ajudar a sua instituição favorita. “A empresa tem a missão de fomentar a responsabilidade social. Este foi um meio de conseguir ajudar as instituições com trabalhos filantrópicos na região. Buscamos pessoas de confianças e que não são conhecidas. O grande objetivo é divulgar a forma de trabalho para fomentar a participação na comunidade”, revela.

- PUBLICIDADE -

A Associação Sanfilippo Brasil lidera a tabela com 27 pontos; o projeto Show de Bola está em segundo com 7, seguido da Associação de Pais e Amigos dos Autistas com 4; a Associação Vida Ativa São José busca uma vaga entre os primeiros colocados e está com 3 pontos; logo atrás, Pé na Bola Cabeça na Escola e Bairro da Juventude estão com 2 pontos cada.

“A interação está muito bacana, porque é um pessoal que gosta do Criciúma e que deseja fazer o bem. Muitos votam pela instituição, independente se tal jogador foi bem”, afirma.

Entenda como funciona

A escolha da instituição passa pelo Facebook da UNQ. Sempre após a partida, a fanpage disponibiliza uma imagem do respectivo jogo do Tigre e ali qualquer um poderá escolher no melhor em campo. Cada jogador representa um tipo de instituição e o atleta mais votado oferta 1 ponto para a entidade; o outro ponto vem da votação dos especialistas, formado por jornalistas de toda a região Sul e que acompanham o Tigre.

A definição de qual jogador iria representar a instituição foi definida antes do início da Série B, por comentaristas e filtrado da melhor maneira para ter um equilíbrio entre todas as entidades.

Mais informações

Premiação:

O mais votado vai ganhar R$ 10 mil

O segundo vai ganhar R$ 2 mil

O terceiro vai ganhar R$ 800

Jogadores votados

Luiz: 14

Lucão: 10

Diego Giaretta: 4

Diogo Matheus: 3

Caio Rangel: 3

Edson Borges: 3

Raphael Silva: 2

Dodi: 2

Alex Maranhão: 2

Silvinho: 1

Ricardinho: 1

Nino: 1

Fabinho Alves: 1

Edson: 1

Tabela de classificação:

1º – Sanfilippo Brasil: 27 pontos

2º – Show de Bola: 7 pontos

3º – AMA: 4 pontos

4º – Vida Ativa São José: 3 pontos

5º –  Pé na Bola Cabeça na Escola: 2 pontos

6º – Bairro da Juventude: 2 pontos

Informações de cada instituição

Show de Bola: Fomenta a educação de crianças carentes através da prática do esporte e da música em Criciúma, particularmente no bairro Ana Maria e Vida Nova. Hoje, o projeto conta com aulas gratuitas de futebol, vôlei, tênis e música clássica ( http://showdebola.org).

Jogadores que representam a instituição: Maicon Silva, Diogo Mateus, Ricardinho, Caio Rangel e Jonatan Lima.

Pé na Bola Cabeça na Escola: Estabelece parcerias com caráter de responsabilidade social para incentivar a prática desportiva e o prazer de competir de forma saudável entre crianças e adolescentes, além de proporcionar a inclusão social. Busca oferecer bolsas de estudos para que as mesmas possuam uma qualificação para o futuro profissional.

Jogadores que representam a instituição: Raphael Silva, Barreto, Carlos Eduardo, Caíque Valdivia e Jocinei.

Vida Ativa São José: O Grupo Vida Ativa São José surgiu em 29/05/2006 com o objetivo de dar o suporte necessário e orientar as pessoas que sofreram Traumatismo Raqui-medular (e hoje não tem o movimento completo dos membros), seus familiares e cuidadores (facebook.com/AssociacaoVidaAtivaSaoJose).

Jogadores que representam a instituição: Vinicius, Nino, Alex Maranhão, Andrew

AMA: Oferece suporte, orientação e educação aos autistas, em grupo e individualmente, conforme a necessidade de cada um, dependendo das variáveis do Autismo e síndromes correlatas do Transtorno Invasivo do Desenvolvimento (TID) (amigosdoautista.com.br).

Jogadores que representam a instituição:  Edson, Ianson, Jean Mangabeira, Dodi, Erick Flores e Edson Borges.

Sanfilippo Brasil: A Síndrome de Sanfilippo é uma doença degenerativa, rara e sem cura. A associação tem o objetivo de apoiar e impulsionar pesquisas científicas que resultam em tratamentos e curas e de promover a arrecadação de fundos para investimentos em pesquisa sobre a Síndrome de Sanfilippo (sanfilippobrasil.org).

Jogadores que representam a instituição: Luiz, Pitbull, Diego Giaretta, Marquinhos e Lucão.

Bairro da Juventude: Promove e oportuniza a transformação social, por meio da formação integral e assistência social, com processos educacionais humanizados para crianças, adolescentes e suas famílias (bairrodajuventude.org.br).

Jogadores que representam a instituição: João Henrique, Silvinho, Fabinho Alves, Kalil e Alisson Farias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.