- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Tigre inicia hoje uma verdadeira maratona de jogos. Serão quatro partidas em oito dias por três competições diferentes. O primeiro desafio é pelo Catarinense, hoje, às 20h30, contra o Inter, em Lages. O técnico Deivid tem um bom motivo para comemorar: será a quinta partida consecutiva escalando o mesmo time titular. Além disso, o Criciúma vem embalado de duas vitórias, a goleada contra o Brusque e o triunfo no clássico contra o Joinville. “Estou feliz porque a gente sabe que no futebol são muitos jogos e a gente tem que fazer revezamento. Mas nós estamos conseguindo manter a mesma equipe sem lesão e isso é muito importante. Dou parabéns a todos por isso. Estamos conseguindo fazer um trabalho e deixando todos bem”, disse o comandante tricolor.

Treino Criciúma - Tcharlles Fernandes (108)-minPor outro lado, todo cuidado é pouco. Desde que o Inter voltou à primeira divisão do Estadual, em 2015, foram cinco jogos entre as equipes com quatro vitórias do time serrano e apenas uma do Criciúma. “Nós temos que tomar cuidado em todos os jogos. Eu cheguei aqui na semana passada e vocês falavam muito do Brusque, que a gente não ganhava lá há bastante tempo e que era um adversário difícil, e nós conseguimos ganhar. Eu acho que no futebol o gostoso é isso, porque sempre tem aquele adversário que se cria um tabu e, de repente, você faz uma grande partida e sai com resultado positivo. Isso é bom porque nos motiva muito mais para conseguir uma grande vitória”, explicou Deivid.

Após as vitórias contra Brusque e Joinville, a confiança está em alta no vestiário. Porém, o treinador não se ilude e mantém os pés no chão em relação ao desenvolvimento e evolução do time. “Eu gosto de resumir assim: não está tudo certo quando ganha e não está tudo errado quando perde. Você tem que analisar muito bem. Não é porque nós ganhamos dois jogos que está tudo certo. Nós fizemos uma grande partida contra o Avaí, mas não conseguimos o resultado positivo. Contra o Joinville, fizemos um primeiro tempo muito bom, mas não conseguimos manter no segundo e ainda assim vencemos o jogo. Eu saí chateado pelo segundo tempo, mas feliz pela vitória. Contra o Avaí, eu saí feliz pelos dois tempos, mas chateado pela derrota. Então, futebol é assim. O mais importante é a gente não oscilar muito e jogar o segundo tempo como viemos jogando o primeiro, para que a gente possa ganhar mais tranquilo”, explicou o comandante.

Sequência será desgastante

Pela primeira vez na carreira, como jogador e treinador, Deivid enfrenta uma sequência com quatro jogos fora de casa. Ele acredita que os espetáculos ficam prejudicados com qualidade baixa. “Vocês fazem o trabalho de vocês, cobrando resultado, uma boa equipe, um bom futebol, assim como a gente trabalha para dar espetáculo, mas isso acaba não acontecendo. Não se pode jogar a cada dois dias. Nós jogamos no domingo, descansamos na segunda e na terça, hoje que eu vou fazer alguma coisinha com os titulares, algo bem leve, para amanhã eles fazerem uma grande partida. Então, como eu vou jogar no domingo e depois na terça? Como eles vão descansar? A gente fala muito em alimentação, fisiologia e preparação física. Se esses três pilares não andarem juntos, a gente não consegue ter uma recuperação boa para jogar daqui três dias, por isso a recuperação é importante. Como eu vou fazer isso, jogando em dois dias?”, finalizou.

Campeonato Catarinense – Primeiro Turno – 4ª Rodada

09/02 – Quinta-feira – 20h30 – estádio Vidal Ramos Junior, em Lages

INTER

Neto Volpi; Duda, Fernando Belém, Renato Camilo e Jefinho; Bruno, Parrudo, Michel Schmoller e Enercino; Marcos Paraná e Paulo Henrique. Técnico: Joel Cornelli

CRICIÚMA

Luiz; Maicon Silva, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Douglas Dodi e Alex Maranhão; Pimentinha, Jheimy e Adalgiso Pitbull. Técnico: Deivid

Arbitragem: Heber Roberto Lopes. Auxiliares: Clair Dapper e Alexandre Bittencourt.

Atletas Relacionados:

Goleiros: Luiz e Edson

Laterais: Maicon Silva, Marlon e Ricardinho

Zagueiros: Diego Giaretta, Ferron, Ianson e Raphael Silva

Volantes: Barreto, Douglas Dodi, Lucas

Meias: Alex Maranhão, Caique Valdivia, João Henrique

Atacantes: Andrew, Caio Rangel, Hélio Paraíba, Jheimy, Kalil, Pimentinha e Adalgiso Pitbull

Avaí mantém os 100%

A quarta rodada teve início na noite de quarta-feira. No principal jogo, o Avaí manteve a liderança ao vencer a Chapecoense por 3 a 0. O time da Capital chegou aos 12 pontos, mantendo os 100% de aproveitamento.

Em Brusque, o time da casa venceu o Tubarão e chegou aos seis pontos. A equipe do Sul segue na lanterna, com apenas um ponto.

E em Joinville, o JEC se recuperou da derrota para o Tigre, vencendo o Metropolitano por 1 a 0.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.