- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Após uma semana movimentada – que contou com mudança da comissão técnica – o Criciúma enfrenta o CRB, neste sábado, às 16h30min, no estádio Rei Pelé. Será a estreia de Beto Campos no comando do Tigre. Apresentado na terça-feira, o treinador realizou três trabalhos – o último na sexta-feira, em Maceió, no CT do CSA – e fará alterações na equipe, em relação ao time que estava atuando com o ex-técnico, Luiz Carlos Winck. Na lateral direita, Maicon Silva volta ao time, Nino retorna na zaga, enquanto Diego Giaretta será lateral esquerdo. Barreto, Ricardinho e Caíque Valdívia serão as novidades do meio-campo. Douglas Dodi não integra o grupo de atletas pois foi liberado para acompanhar o nascimento da primeira filha. O esquema tático passa para o 4-4-2, com mais jogadores no meio.

Quem permanece entre os titulares é o meia Alex Maranhão. Ele, Lucão e Silvinho são os artilheiros do time na competição. Porém, essa marca não tira a responsabilidade de marcação do trio. “Quando você tem jogadores de qualidade e que estão fazendo gols, isso ajuda bastante, mas a função desses atletas também é ter o setor defensivo resguardado e eles vão fazer esta parte também. Não adianta a gente ficar lá atrás se defendendo muito e o ataque assistir ao jogo. Eles estão ajudando nessa função”, disse o goleiro Luiz, em entrevista coletiva.

O capitão tricolor destaca que o time não pode desperdiçar chances de gol, como vem acontecendo nas últimas partidas. “Quando as chances aparecerem, no decorrer da partida, tem que fazer. O Criciúma é um clube grande e equipe grande quando tem condições de fazer o gol, tem que fazer. A gente não pode vacilar como nós estamos”, explicou.

Jogadores devem assumir mais a responsabilidade

Para o goleiro Luiz, o momento é de assumir mais a responsabilidade. Ele acredita que o grupo de jogadores deve se doar mais em campo e fazer 14 “finais de campeonato” até o encerramento da Série B. “Nós temos que assumir mais a responsabilidade. Os atletas têm que assumir mais, porque agora é o momento daqueles que querem realmente ajudar o clube fazer um pouco mais. A visão é essa: nós temos vários jogos pela frente, são 14 decisões e dois meses de competição onde a gente pode mudar a vida do clube e a nossa”, destacou.

O jogador ressalta que é momento dos atletas saírem da zona de conforto. “Temos que pensar no nosso futuro também. Não adianta ficar confortável em cima de um contrato longo e achar que tanto faz. Não é assim que as coisas funcionam, a gente não vai aceitar isso e estamos cobrando isso. Quem está aqui hoje vai ser cobrado e quem achar que não tem condições de ajudar, boa sorte e siga o seu caminho”, completou.

Campeonato Brasileiro – Série B – 25ª Rodada

23/09 (sábado) – 16h30min – estádio Rei Pelé, em Maceió

CRB

Edson; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Adriano, Edson Ratinho, Tony e Elvis; Chico e Neto Baiano. Técnico: Mazola Júnior

CRICIÚMA

Luiz; Maicon Silva, Nino, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Ricardinho, Caíque Valdívia e Alex Maranhão; Silvinho e Lucão. Técnico: Beto Campos

Arbitragem: Dyorgines José Padovani de Andrade. Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antônio Zanotti (trio do ES).

ATLETAS RELACIONADOS

Goleiros: Luiz e Edson

Laterais: Maicon Silva e Diogo Mateus

Zagueiros: Nino, Edson Borges e Diego Giaretta

Volantes: Barreto, Ricardinho, Jonatan Lima e Jocinei

Meias: Caíque Valdivia, Alex Maranhão e João Henrique

Atacantes: Silvinho, Lucão, Moisés e Adalgiso Pitbull

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.