- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Os dois brasileiros melhores colocados no ranking internacional de tênis, categoria 18 anos, estão entre os oito classificados para as quartas de final do 47º Banana Bowl – torneio internacional que está sendo disputado até sábado nas quadras da Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma.

Ontem, Thiago Wild, que está na posição 89 do ranking, bateu o norte-americano Patrick Kypson, número 48 do mundo por dois sets a zero – parciais de 7/6(4) e 6/2. O adversário de Wild na próxima fase será o colombiano Sergio Hernandez Ramirez. Ele superou o tcheco Ondrej Styler com um duplo 6/2.

À tarde, Gabriel Decamps, cabeça de chave número sete, atropelou o francês Constantin Bittoun Kouzmine, número 45 do mundo, por duplo 6/0. Quem pega Decamps, na disputa entre os oito melhores, é o argentino Juan Pablo Grassi – que superou o compatriota Juan Bautista Otegui, responsável pela eliminação do favorito norte-americano Sam Riffice, por dois sets a zero com parciais de 6/0 e 6/1.

Mulheres estão eliminadas

Nas disputas femininas, as brasileiras deram adeus a competição. Nenhuma representante do país chegou entre as oito melhores. A única tenista nacional que poderia chegar às quartas de final era Thaisa Pedretti, mas ela perdeu para a canadense Layne Sleeth por dois sets a zero, parciais de 6/4 e 6/2. As americanas, favoritas à conquista, seguem na competição com três representantes: Hailey Baptiste, Whitney Osuigwe e Ann Li.

A competição segue hoje com mais disputas nas quadras do Mampituba. A entrada é gratuita para sócios do clube e para o público em geral – mediante um cadastro de identificação na recepção. As partidas começam às 9h e devem seguir até às 20h.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.