- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Treinando com o grupo de jogadores do Criciúma desde a semana passada, o meia Alisson Farias foi apresentado oficialmente ontem no Tigre. Ele foi emprestado pelo Internacional, de Porto Alegre, até o final do ano. Meio-campista, o jogador não escolhe posição para atuar. Apesar de uma leve preferência pelo lado esquerdo. “Eu gosto de jogar pelo lado do campo, mais pela esquerda, mas eu me sinto bem pelo meio, pela direita… Onde o Winck optar, eu estou à disposição”, disse.

Antes de chegar ao Tricolor Carvoeiro, o meia de 21 anos estava no Estoril, de Portugal. O jogador diz que a experiência europeia o fez amadurecer como jogador, apesar da pouca idade. “Eu aprendi muito na questão tática. Eles cobram muito esta parte. Lá tem que jogar sem a bola também e acredito que eu cresci muito nesta parte. O jogo é mais intenso que no Brasil”, explicou.

Natural de Lages, Alisson começou no Atlético Paranaense, aos 13 anos, depois foi para o Internacional, com 15 anos, e subiu ao profissional com 19 anos. Descrito como um jogador rápido, que gosta de driblar os adversários no “1 contra 1”, ele espera partidas truncadas na Série B. “É um jogo bem mais pegado, parecido com o Campeonato Gaúcho – com muita marcação e divididas, mas também com muita qualidade”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.