Educadores participam do curso de formação do Pnaic

Representantes de Morro da Fumaça acompanharam as instruções do programa que visa alfabetizar todas as crianças até os oito anos de idade, ou, no 3º ano do ensino fundamental

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

A Secretaria do Sistema Educacional do Governo Municipal de Morro da Fumaça enviou representantes para acompanhar a primeira etapa do curso de formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic 2017), realizado no final de agosto em Laguna. A secretária de educação, Márcia Cechinel, coordenadora local, Cristina Silvano Sartor, e as formadoras locais, Marisa Sartor e Cheila Pacifico, receberam as instruções para atuar com os professores do município.

Conforme a secretária do Sistema Educacional, Márcia Cechinel, o curso auxilia na aquisição de conhecimento dos formadores para trabalhar o programa com os educadores nas salas de aula. “O aprendizado adquirido na formação será repassado aos professores da rede municipal com suporte e orientação para que os nossos alunos sejam alfabetizados na idade certa”, disse. “Teremos o maior cuidado no que se refere à orientação do professor em sala de aula oportunizando tempo e espaço”, acrescentou a coordenadora local, Cristina Silvano Sartor.

- PUBLICIDADE -

O Pnaic é um compromisso assumido pelos governos Federal, Estado e dos Municípios, desde 2012, para garantir que todos os estudantes dos sistemas públicos de ensino estejam alfabetizados, em Língua Portuguesa e em Matemática, até o final do 3º ano do ensino fundamental, além reduzir a distorção idade-série na Educação Básica, melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e contribuir para o aperfeiçoamento do desempenho dos professores.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Morro da Fumaça

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.