Coleta seletiva é implantada em escolas de Criciúma

Iniciativa desenvolvida pela Famcri pretende atender todas as instituições de ensino do município

Foto: Divulgação/Decom
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Pensando em estimular a prática da reciclagem de materiais e valorizar o ecossistema, a Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri) iniciou a coleta seletiva de resíduos em escolas de Criciúma. O Centro de Educação Infantil (CEI) Jardim da Alegria, no bairro Michel, foi a primeira unidade de ensino a aderir à iniciativa que pretende conscientizar os estudantes.

- PUBLICIDADE -

Nesta sexta-feira, 1°, a proposta será implantada na Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Antonio Minotto, no bairro São Roque. “Nossa meta é atender todas as escolas da cidade com a coleta seletiva em até quatro anos. Todo material coletado será destinado às associações de catadores de resíduos de Criciúma”, explica a presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato.

No CEI Jardim da Alegria, a Famcri contemplou as crianças com a peça educativa de teatro de fantoche Reciclando para o Futuro. “Mais de 40% dos bairros de Criciúma são beneficiados pela coleta seletiva. Atender as escolas é fundamental para conscientizarmos todos os moradores sobre a importância da reciclagem”, comenta o prefeito interino, Ricardo Fabris.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.