BID aportará US$ 150 mil em iniciativa do movimento SC Pela Educação

O apoio do BID é decorrência de uma cooperação técnica já firmada pela organização com o Movimento SC pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC)

- PUBLICIDADE -
O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) fará um aporte de 150 mil dólares para a capacitação de docentes da rede estadual de ensino catarinense e do SENAI/SC que atuarão em um novo modelo de ensino médio de formação integral. O apoio do BID é decorrência de uma cooperação técnica já firmada pela organização com o Movimento SC pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC). Focado na excelência do ensino, no desenvolvimento de valores e competências e na capacitação para empregos mais exigentes, o modelo é resultado de discussões promovidas pelo Movimento e conta com apoio do Instituto Natura, Instituto Ayrton Senna e Itaú BBA.
O apoio do BID foi anunciado pelo especialista em educação da entidade João Marcelo Borges, em reunião nesta quinta (2), que envolveu representantes das instituições que participam do projeto. O valor a ser repassado pelo Banco corresponde a aproximadamente dois terços do total do projeto de capacitação dos docentes das 14 escolas da rede pública, quatro Centros de Educação Profissional (Cedup, também integrantes da rede estadual) e duas unidades do SENAI/SC, que passarão a contar com o novo ensino médio em 2017.
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Florianópolis

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.