Inflação do aluguel avança em janeiro e alcança alta de 6,65% em 12 meses

Preços no atacado e no varejo influenciaram resultado

- PUBLICIDADE -

Brasília

O índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), conhecido como a “inflação do aluguel”, porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, acelerou de 0,54% em dezembro para 0,64%, em janeiro. Em 12 meses, o IGP-M acumula alta de 6,65%.

- PUBLICIDADE -

Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado e tem o maior peso entre todos os subíndices, variou 0,70% em janeiro, contra 0,69% no mês anterior.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), conhecido como “inflação do varejo”, teve forte aceleração, de 0,2% em dezembro para 0,64%, em janeiro, sob maior influência dos preços relativos à habitação (de -0,62% para 0,10%).

Também usado no cálculo do IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou em janeiro variação de 0,29%. No mês anterior, este índice variou 0,36%.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.