Conversa da Acic com a Passaredo evolui

Possibilidade de a companhia aérea passar a operar no Aeroporto Diomício Freitas deu mais um passo na tarde desta segunda-feira, 13

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Criciúma

A possibilidade da companhia aérea Passaredo passar a operar no Aeroporto Diomício Freitas, em Forquilhinha, deu mais um passo na tarde desta segunda-feira, 13. O presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), César Smielevski, acompanhado do administrador da Petrobras no Aeroporto Diomício Freitas, Kleber Luiz Fernandes, por meio de uma teleconferência, conversaram com o diretor de malha aérea da Passaredo, William Agatz, e também com o diretor comercial da RDL Aeroportos, André Constanzo. “Estamos agendando uma visita em Ribeirão Preto com o diretor de malhas e com o presidente da companhia aérea onde passaremos a necessidade e a demanda da Região com a possibilidade de viabilizarmos, preferencialmente, um voo matutino com o retorno noturno. Possivelmente, este voo será Criciúma – Guarulhos, onde a Passaredo opera. Hoje já temos um voo Congonhas, Campinas e um seria, possivelmente, Guarulhos”, detalha o presidente da Acic.

- PUBLICIDADE -

Exigências técnicas

A RDL Aeroportos, que administra o Aeroporto Diomício Freitas, já está estudando as exigências técnicas para a possível vinda da Passaredo Linhas Aéreas.
A Acic tem buscado retomar para a Região os voos comerciais com destino a São Paulo que saiam pela manhã e retornem no fim do dia. A Azul Linhas Aéreas, que oferecia este voo no Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna, suspendeu os voos em setembro.

Saiba mais:

Acic busca voo matutino para São Paulo

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.