Câmara da Educação promove reunião na Fiesc

Encontro foi o primeiro de 2017 e serviu para definir o plano de trabalho para este ano

- PUBLICIDADE -

A Regional Sul da FIESC promoveu na tarde desta quarta-feira, dia 22, a primeira reunião do ano da Câmara de Educação. O projeto faz parte do Programa Santa Catarina pela Educação desenvolvido pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), tem como foco de atuação a educação para o mundo do trabalho e entre os desafios o de que todo trabalhador tenha a escolaridade básica completa até 2024. Este ano, o trabalho da Câmara terá o foco voltado no professor.

- PUBLICIDADE -

No encontro dessa quarta, o vice-presidente regional Sul da FIESC, Diomício Vidal, fez uma análise do quadro educacional da região e definiu os projetos e atuações para 2017. “Atualmente, na nossa regional, nós contamos com uma média de 9 mil indústrias e 79 mil trabalhadores. Temos vagas de emprego a serem preenchidas, porém o problema é a escolaridade do trabalhador. Foi por isso que essa campanha e esses encontros vem sendo realizados. Tudo com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino e qualificação desses profissionais”, enaltece Vidal.

Durante o encontro também foram apresentados os novos participantes da Câmara de Educação que agora contará com representantes da Associação Empresarial de Criciúma – ACIC, do SEST/SENAT, além da presença nova secretária de educação de Criciúma e de dois novos jovens embaixadores. “É muito importante a união de todos em prol da melhoria da educação na nossa região e em todo o Estado”, enaltece Vidal.

As reuniões da Câmara de Educação da Regional Sul da Fiesc ocorrem bimestralmente e a próxima está previamente agendada para o dia 16 de maio.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.