Reflexos da Operação Carne Fraca preocupam municípios da região

Apesar do mercado internacional já reabrir as portas ao produto brasileiro, o momento requer cautela

Foto: Suelen Bongiolo/DN
- PUBLICIDADE -

Forquilhinha/Nova Veneza

Desde o dia em que a Operação Carne Fraca foi deflagrada pela Polícia Federal (PF), as atenções do mercado catarinense se voltam aos possíveis impactos que o setor poderá sofrer. Na região, os municípios que possuem uma produção de carnes mais expressiva receiam novos desdobrares negativos em relação ao assunto, principalmente no que diz respeito às exportações.

- PUBLICIDADE -

Uma das cidades que está monitorando essa questão é Nova Veneza, que possui uma significativa produção de carne de frango. “Estamos torcendo para que não venham prejudicar as empresas e a comercialização do município, porque, se vier a acontecer, nós seremos muito prejudicados. Estamos acompanhando. É um problema muito sério não só para a região, mas para todo o país”, aponta o prefeito Rogério Frigo.

 

Outra cidade da região que possui expressiva produção desse tipo de carne é Forquilhinha. De acordo com o prefeito Dimas Kammer, a situação na principal empresa do ramo no município está dentro do controle. “Conversei com o gerente geral da fábrica em Santa Catarina e ele me informou que todos os países que importavam o produto daqui já anunciaram a retomada das comercializações. Em relação aos produtores, ninguém foi atingido”, destaca.

 

Confira a reportagem completa na edição desta terça-feira, 28, do jornal Diário de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Forquilhinha/Nova Veneza

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.