Professores catarinenses seguem em estado de greve

A decisão foi tomada durante uma assembleia estadual da categoria, realizada na tarde desta terça-feira, 28, em Florianópolis

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Os professores da rede estadual de ensino de Santa Catarina votaram, na tarde desta terça-feira, 28, por permanecer em estado de greve. A decisão foi tomada durante uma assembleia realizada no Centrosul, em Florianópolis. De Criciúma, profissionais da educação se deslocaram para a capital do Estado em dois ônibus, para participar do encontro.

- PUBLICIDADE -

Além da greve, outros encaminhamentos também foram votados na assembleia. “Ficou definido que continuamos em estado de greve, com calendário de atos e mobilizações, e greve nacional no dia 28 de abril, chamada pelas Centrais Sindicais, com assembleia estadual em Florianópolis no mesmo dia”, aponta a presidente da Regional de Criciúma do Sinte/SC, Kelly Pacheco.

 

Mais detalhes na edição desta quarta-feira, 29, do jornal Diário de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Florianópolis

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.