Pik Nik Coletivo leva descontração e arte à praça

Décima edição do evento foi realizada no fim de semana e reuniu mais de mil pessoas

Foto: Suelen Bongiolo/DN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Passar na Praça do Congresso, no Centro de Criciúma, durante os fins de semana, e ver grupos de jovens e famílias reunidos já virou rotina. Esse encontro e essa interação entre os mais diversos públicos são promovidos por meio de um projeto cultural denominado de “Pik Nik Coletivo”, que completa dois anos em abril. Reunindo conversas, música, arte e exposições, o evento vem atraindo cada vez mais pessoas, que encontram na iniciativa uma opção de lazer diferente.

- PUBLICIDADE -

A décima edição do evento ocorreu na tarde do sábado e reuniu mais de mil pessoas. Além da interação entre as pessoas, o evento também tem como foco a arte e a cultura. Nesse sábado, várias tendas e espaços foram distribuídos pela praça, voltados à discussão e à exposição dos mais diversos temas. Em um local, o feminismo era o foco; em outro, o empoderamento da beleza negra era destaque. Além disso, poesias, desenhos e fotografias foram pendurados em varais, dando um colorido especial ao lugar. Uma novidade da edição foi a apresentação da peça “Júlia”, do grupo Cirquinho do Revirado, sendo a primeira exibição teatral feita no local.

 

Confira a reportagem completa na edição desta segunda-feira, 20, do jornal Diário de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.