Mulher é agredida, leva banho de gasolina e quase morre incendiada pelo marido

Ocorrência aconteceu no bairro Laranjinha; Marido violento foi o autor do crime e ela foi salva pelo genro

- PUBLICIDADE -

Criciúma

 

- PUBLICIDADE -

A guarnição da Polícia Militar foi acionada via CRE para atender uma ocorrência de violência doméstica no bairro Laranjinha, em Criciúma. No deslocamento para o local da ocorrência, a guarnição recebeu outra informação da CRE, dando conta de que o autor estaria tentando colocar fogo na residência e, ao chegar no bairro percebeu uma fumaça preta saindo de uma casa.

Logo, foi solicitado apoio do Corpo de Bombeiros e, com a chegada da viatura PM, populares apontaram o senhor J.C.F, 46 anos, como sendo o autor do incêndio. Realizada a abordagem ao homem e questionado sobre os fatos, o mesmo informou que teria colocado fogo na residência e teria deixado sua esposa no interior da mesma, situação confirmada por vários populares presentes e pela filha da vitima que se fez presente.

Foram efetuadas buscas no interior da casa e ninguém foi encontrado, após questionamentos, os populares que estavam próximos a residência também não souberam informar o paradeiro da vítima, porém depois de mais alguns instantes a mulher fora localizada já do lado de fora da residência.

Questionada, a senhora identificada como sendo M.A.P, 47 anos, esposa do conduzido, informou ter sido agredida pelo seu marido com um facão após várias ameaças de morte, sendo este facão o mesmo objeto que o autor utilizou para danificar os móveis. Informa ainda que também foi molhada com gasolina assim como o interior da residência, sendo que o autor em ato contínuo ateou fogo na residência, deixando-a no seu interior, precisando ser retirada do local, com o auxílio de seu genro.

A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e posteriormente conduzida até o hospital São José com sua filha que mora na parte de baixo da casa. A guarnição conduziu o autor do fato até a delegacia especializada para procedimentos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.