Policiais atendem ocorrência e são vítimas de tentativa de homicídio

O homem de 36 anos também foi preso também por desobediência, desacato, resistência à prisão, Lei Maria da Penha e dano ao patrimônio Público.

- PUBLICIDADE -

Policiais militares de Criciúma foram vítimas de tentativa de homicídio, cometida por um homem de 36 anos, por volta das 21h50 desta sexta-feira, dia 28. O crime aconteceu no atendimento a uma ocorrência de ameaça contra vizinhos. O acusado também foi preso também por desobediência, desacato, resistência à prisão, Lei Maria da Penha e dano ao patrimônio Público.

Conforme relato da PM, a guarnição, em rondas no centro de Criciúma, foi abordada por uma mulher que pediu ajuda dizendo que seu irmão A.E.C.B. estaria alterado, quebrando tudo dentro do apartamento e ameaçando os vizinhos com uma faca. Ao se deslocarem até o local, os policiais o avistaram na entrada da garagem e deram ordem de parada, mas o mesmo não acatou, evadindo-se. Já na garagem ele agrediu a sua irmã com um chute e empurrões e logo em seguida subiu para o apartamento. Os policiais adentraram ao recinto e o encontraram escondido na área de serviço com uma faca em punho.

- PUBLICIDADE -

Em posse da arma branca, o mesmo partiu para cima dos policiais, tentando atingi-los. Ele foi imobilizado, preso e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, para os procedimentos cabíveis. No deslocamento, ele ainda danificou o compartimento da viatura.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.