Manifestação pede mudança na gestão do Hospital Regional de Araranguá

Ato foi organizado após a morte de uma menina de oito anos, ocorrida há aproximadamente 15 dias

Foto: William Soares
- PUBLICIDADE -

Araranguá

A tarde desse domingo, 19, foi marcada por uma manifestação no entorno do Hospital Regional de Araranguá. De acordo com a organização, aproximadamente 200 pessoas participaram do protesto que pedia a saída da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) da gestão da unidade.

- PUBLICIDADE -

De acordo com William Soares, um dos organizadores da manifestação, o ato foi organizado após a morte da menina Maria Gabriele Pereira, de oito anos, ocorrida há aproximadamente 15 dias. “Esse protesto só ocorreu devido à morte dela, já que, por negligência, não souberam fazer o diagnóstico e nem tinham ambulância para levá-la até Criciúma”, explica.

 

Confira mais detalhes na edição desta segunda-feira, 20, do jornal Diário de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Araranguá

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.