Finalizada perícia técnica no hotel onde três pessoas morreram em incêndio

Os laudos das perícias farão parte do Inquérito Policial que investigará as causas do sinistro e de possíveis culpados.

Fotos: Suelen Borgiolo/ DN
- PUBLICIDADE -

O Instituto Geral de Perícias (IGP) e o Corpo de Bombeiro de Tubarão finalizaram por volta das 13h15min deste domingo, dia 30, o rescaldo e a perícia técnica no Hotel Rech, em Braço do Norte. Três pessoas morreram e seis foram encaminhadas ao hospital da cidade, após incêndio de grandes proporções durante a madrugada. O resultado deve sair em 30 dias. Os laudos das perícias vão apontar as causas do sinistro.

O local foi fechado e colocado um tapume na frente. Yasmin Streger, de 13 anos e Cristina Schimitt, 62, e Alexandre Frontino, de 32 anos,  morreram no incêndio. O pai da menina que morreu está internado em estado grave no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão. Ele inalou muita fumaça nos pulmões e vias respiratórias. Outros cinco hóspedes foram encaminhados ao Hospital Santa Teresinha, em Braço do Norte, pelo Samu e Corpo de Bombeiros, mas o estado de saúde deles é estável. Um casal, que também estava no hotel, não se feriu e já seguiu viagem.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Braço do Norte

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.