- PUBLICIDADE -

Giovane Marcelino / Especial
Criciúma

 
Após alguns meses em negociação, o Criciúma Esporte Clube e a Caixa Econômica Federal assinaram na manhã de sexta-feira, 10, o contrato de patrocínio. Na sala de imprensa Clésio Búrigo, no estádio Heriberto Hülse, reuniram-se representantes do clube e do banco. O patrocínio terá validade até dezembro.

- PUBLICIDADE -

Na assinatura, o presidente Jaime Dal Farra destacou a importância do novo patrocínio para o clube. “Era uma das minhas metas como presidente. Duas grandezas que se unem. Agradeço a oportunidade e tenho certeza que hoje firmamos um contrato duradouro”, afirmou.

As primeiras conversas para o patrocínio começaram no final de 2015 e a partir de maio do ano passado que as conversas se firmaram. Um dos motivos para a parceria são os requisitos como as negativas de débito, que devem estar em dia. “A intenção é desenvolver projetos iniciais que vão refletir na comunidade, não somente em ações de marketing. Temos certeza que vamos conseguir fazer um bom trabalho”, comentou o superintendente regional da Caixa no sul catarinense, Ricardo Bier Troglio.

O contrato vale até dia 31 de dezembro. No mês em questão, já poderá ser discutido a renovação por mais um ano. O Criciúma irá receber R$ 1,5 milhão de patrocínio + bônus se for campeão da Copa do Brasil ou da Série B, chegando a R$ 2,5 milhões. Em acesso de acesso a Série A, novos valores serão negociados.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.