Campanha pela UTI do Hospital São Donato terá bazar

Foram disponibilizados R$ 200 mil em produtos para a comercialização em prol da conclusão da Unidade de Terapia Intensiva

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Içara

O Hospital São Donato, em Içara, está em preparação para um bazar com itens apreendidos pela Receita Federal. Ao todo, foram disponibilizados R$ 200 mil em produtos para a comercialização em prol da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Ainda não temos a data definida, mas deverá ocorrer após o Dia dos Namorados. Vamos utilizar todo o valor na aquisição das estativas. São estruturas que permitirão agrupar os equipamentos e, ao mesmo tempo, proporcionar mobilidade nos leitos”, aponta o diretor-administrativo da instituição hospitalar, Júlio César De Luca.

- PUBLICIDADE -

Conforme orientação da Receita Federal, algumas regras devem ser cumpridas para a realização do bazar. Por exemplo, o valor máximo por pessoa não pode ultrapassar R$ 900. Se o item for superior a esse preço, não será possível adquirir outro produto. Também há limite de itens. No caso de eletroeletrônicos, é estabelecido até duas unidades por tipo. Já os perfumes e cosméticos não podem superar cinco unidades. “O levantamento de todo o estoque inicia esta semana. Assim que estiver tudo cadastrado vamos anunciar a data, horários e o local”, completa Júlio.

Além do evento, a fundação filantrópica de Içara conta com uma campanha para a conclusão da UTI através da fatura de energia elétrica. “Já temos o compromisso de lideranças políticas para o aporte de recursos, mas não há prazo definido. A participação da sociedade é muito importante para a conclusão das obras. Somos um hospital da comunidade, gerido através de entidades e voltado ao Sistema Único de Saúde”, coloca o diretor. A estimativa é que aproximadamente R$ 2 milhões sejam necessários para equipar os dez leitos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Içara

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.