Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Morro da Fumaça

A Câmara de Vereadores de Morro da Fumaça comprou férias de quatro servidores durante o período de recesso parlamentar, no início de janeiro. Assinadas pelo presidente José Carlos Bortolin (Calita), as resoluções autorizam três servidores de cargos comissionados e um efetivo a anteciparem o retorno das férias, “a fim de atender a demanda parlamentar”.

- PUBLICIDADE -

Segundo Calita, a compra foi feita para que os quatro trabalhassem no cerimonial de posse e sessões extraordinárias que a Câmara realizou durante o mês. Porem, há diferenças entre as datas. A posse foi realizada em 1º de janeiro e as sessões nos dias 11 e 12 do mesmo mês. A compra foi autorizada somente dos dias 21 a 30 de janeiro. Sendo assim, Douglas Nandi da Rosa, Dijalmas Fragnani, Henriette Nicoleit e Darlan Izepon estavam em recesso com as atividades extraordinárias de janeiro. A publicação foi divulgada no Diário Oficial da União.

 
Compras geraram gasto de R$ 6 mil

Baseado no calculo dos salários dos envolvidos, a Câmara de Vereadores de Morro da Fumaça gastou mais de R$ 6 mil com a compra de dez dias de férias dos quatro servidores. Os salários, superiores a R$ 2 mil, podem ser conferidos no Portal da Transparência.

Com colaboração de Morro da Fumaça Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.