Bairro da Juventude lança projeto “Desenhando o presente para o Futuro”

A ação vai atender 20 crianças e adolescentes, com idades entre oito e 14 anos, da Oficina de Comunicação

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O Bairro da Juventude lançou, nesta manhã (15), o projeto “Desenhando o presente para o Futuro” em parceria com o Siecesc (Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de SC), através do Projeto Carvão Amigo, e do Estúdio Tanuki. A ação vai atender 20 crianças e adolescentes, com idades entre oito e 14 anos, da Oficina de Comunicação e visa servir como um suporte para a formação e qualificação dos alunos nas habilidades ligadas à ilustrações e artes e suas aplicações nas mais diversas formas de mídias visuais.

- PUBLICIDADE -

Segundo Reginaldo Lima Arraes, do Estúdio Tanuki, o Bairro possui muitos jovens interessados e habilidosos. “Um dos alunos do Bairro já participa de nossas aulas e o objetivo é descobrir outros talentos.  Além de ensiná-los a desenhar vamos aplicar com os participantes ferramentas de mídia como blog e youtube”,   comenta Arraes.

 As aulas no Bairro vão acontecer três vezes na semana no período de nove meses. De acordo com o diretor executivo do Siecesc, Márcio José Cabral, o projeto demonstra também uma positiva relação de confiança. “A ação conta com três importantes frentes. Os parceiros que investem na ação, o Bairro da Juventude que aplica, oportuniza e descobre os talentos e, claro, as crianças e adolescentes que aproveitam as oportunidades”, declara Cabral.

Para marcar a nova parceria, um quadro de homenagem foi entregue aos apoiadores do projeto. “Quando se tem vontade de fazer o bem, ele sempre vem.  E essas crianças que no Bairro ficam em período integral, sabem aproveitar muito bem as oportunidades que são oferecidas”, finaliza a diretora executiva da Instituição, Silvia Regina Luciano Zanette.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.