- PUBLICIDADE -

Francis Leny
Criciúma

 

- PUBLICIDADE -

Dizem que avós são pais pela segunda vez e com pouca responsabilidade. Podem mimar os netos e bisnetos como quiserem. Por isso, é uma das figuras mais queridas do núcleo familiar. Nesta quarta-feira, dia 26, é celebrado o Dia dos Avós. Daqueles que em virtude da experiência, acumularam ao longo dos anos sabedoria, paciência e, acima de tudo, compreensão e podem transmitir para as futuras gerações (infelizmente não é a realidade de todas as famílias).

Laura Peixoto Aléssio, a Lalinha, de 73 anos, é uma destas que é “agarrada” com os cinco netos e uma bisneta. Ajudou a criar todos eles. “Eu me sinto muito feliz em ser avó e bisavó. Tenho prazer em ajudá-los Estou sempre em contato para saber como estão. Espero que Deus me dê muita saúde para viver mais e ver meus netos se formarem na faculdade”, diz. “O contato de uma avó ou avô com o neto é fundamental para estabelecer vínculos. Temos que estar sempre presente na vida deles. Quero ter mais netos e bisnetos”, aconselha.

 

— Confira a matéria completa no seu jornal Diário de Notícias desta quarta-feira  —

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Francis Leny

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.