Após dois anos de operação, aeroporto de Jaguaruna projeta crescimento

Atualmente, duas empresas aéreas atendem quase 15 mil pessoas ao mês

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Jaguaruna

Com o movimento frequente durante os dois anos de operação, o Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna, projeta um crescimento ainda maior em relação à infraestrutura e movimentação de pessoas. Atualmente, duas empresas aéreas, a Latam e a Azul, atendem quase 15 mil pessoas ao mês.

- PUBLICIDADE -

Segundo o gerente geral da RDL Aeroportos, Fernando de Castro, empresa que administra o aeroporto, o trabalho incansável para atender as pessoas está valendo a pena. “Este é um resultado de uma parceria que em Santa Catarina vem dando certo, que é a parceria público-privada. Chegamos em Jaguaruna em 2014 e agora, com dois anos de operação, vendo esse movimento, não podemos deixar de pensar e planejar o futuro. O aeroporto é um diferencial para a região”, afirma.

Hoje os passageiros tem à disposição quatro voos diários com ligação direta à São Paulo, para os aeroportos de Campinas e Congonhas, e indiretas com aeroportos do mundo inteiro.

Para o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Tubarão, Nilton de Campos, o investimento e aposta no empreendimento feita pelo Governo do Estado mostra que o Sul ainda vai evoluir muito. “Para se ter uma ideia já existe o planejamento de aumentar a pista e o terminal, e futuramente preparar para o transporte de carga, o que vai revolucionar a demanda comercial do Sul do Estado. O aeroporto já grande e ficará maior”, ressalta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Jaguaruna

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.