Operação apreende 150 quilos de queijo sem procedência

- PUBLICIDADE -

Uma operação da Polícia Civil, em conjunto com a Vigilância Sanitária de Criciúma e do Estado, resultou na apreensão de cera de 150 quilos de queijo com o selo de fiscalização falsificado. O pedido de investigação surgiu do Ministério Público e da Cidasc, que informaram que o produto, vindo de Bom Jardim da Serra, era vendido em fruteiras e verdureiras de Criciúma.

O comerciante foi abordado enquanto chegava a um hortifruti, no bairro São Luiz, para entregar uma quantidade do queijo. Foi na casa dele que a maior parte do produto foi apreendido. Lá havia também o material utilizado para falsificar os selos, impressos em uma gráfica do município.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Angelica Brunatto
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.