MP denuncia envolvidos na Operação Bye Bye Brasil à Justiça

Divulgação
- PUBLICIDADE -

Içara

Os cinco envolvidos na Operação Bye Bye Brasil III, deflagrada pela Polícia Federal, foram denunciados à Justiça pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Içara.  O promotor Marcus Vinícius de Faria Ribeiro indicio-os por associação criminosa e falsificação de documentos públicos e privados.

- PUBLICIDADE -

Dos agora réus, dois estão recolhidos no Presídio Santa Augusta. Eles foram presos durante a operação, deflagrada em 22 de junho. O trabalho da Polícia Federal tinha como objetivo desarticular uma quadrilha que atuava na falsificação de documentos para obtenção de vistos, principalmente aos Estados Unidos. Eram falsificadas, por exemplo, declarações de imposto de renda, alteração contratual e situação cadastral de pessoas jurídicas.

O grupo havia ingressado no trabalho no último ano e, desde então, vinha captando clientes. Ao menos 12 pessoas do Sul catarinense tiveram os vistos negados, em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. Algumas delas foram presas em flagrante durante a apresentação dos documentos falsificados. Com o início da operação Bye Bye Brasil III, estas pessoas foram ouvidas pela Polícia Federal, confirmaram que os papeis teriam sido forjados e levaram os investigadores a descobrir o nome de três daqueles que trabalhavam na falsificação.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.