Morre segunda vítima de atropelamento em Estação Cocal

- PUBLICIDADE -

A segunda vítima do atropelamento registrado neste sábado, na Rodovia Genésio Mazon, no distrito de Estação Cocal, em Morro da Fumaça, teve a morte encefálica confirmada no final da tarde de ontem. Ana Beatriz da Silva Bitencuort, de 19 anos, estava internada, em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São José desde o atropelamento. Conforme o Instituto Médico Legal (IML), os órgãos da menina serão doados.
O homem, de 61 anos, continua detido no Presídio Santa Augusta, em Criciúma. Ele foi autuado em flagrante por dirigir embriagado, lesão corporal e homicídio. A delegacia de polícia de Morro da Fumaça aguarda os laudos da perícia para poder encaminhar o Inquérito Policial para o Ministério Público.
A jovem caminhava no acostamento da rodovia, por volta das 19 horas, acompanhada da avó e da irmã Patrícia da Silva Bitencuort, de 17 anos, que morreu no momento da colisão. À Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o condutor do Fiat Uno afirmou que a luz de um carro que vinha no sentido contrário havia lhe ofuscado a visão.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Angelica Brunatto
Em: Morro da Fumaça

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.