Família de jovem assassinado protesta em frente ao Fórum de Criciúma

- PUBLICIDADE -

Faixas, cartazes e camisetas estampadas com a foto de Gabriel Pereira Borba, de 15 anos, foram o suporte para que familiares e amigos do jovem, assassinado há quatro meses por um colega de escola, pudessem protestar em frente ao Fórum da Comarca de Criciúma durante a tarde de ontem.

O crime ocorreu no bairro Argentina, em maio. O menino foi esfaqueado, degolado e abandonado pelo colega de mesma idade. O menor infrator confessou o homicídio, porém, continua em liberdade. “Já viemos várias vezes e nada. Ele tem que ir preso e pagar pelo o que fez”, pontua a mãe Silvana Pereira.

- PUBLICIDADE -

Após o crime, a vida de Silvana mudou completamente e com o apoio das outras filhas consegue levar um dia após o outro. “Não considero justo o tempo da pena que ele irá pegar. Mas, se a lei é essa, ela deve ser cumprida. Nada vai apagar a minha dor”, lamenta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Angelica Brunatto

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.